Select Page

Mês: outubro 2009

Musical vs. Circo

Tive o prazer e a imensa felicidade de assistir ao espetáculo Alegria do Cirque du Soleil. Já havia assistido à cinco espetáculos dele em DVD, mas sou obrigada a falar que nada se compara a uma apresentação ao vivo desses artistas. O fato é: toda vez que se fala em uma apresentação do Cirque du Soleil aqui no Brasil é um verdadeiro alvoroço. Nem os preços dos ingressos – que não são nada acessíveis em comparação com a renda da população brasileira – diminui a emoção e a vontade de ver suas apresentações. E nem poderiam, diga-se de passagem. É uma indústria milionária e se tornou uma por puro mérito. O Cirque du Soleil foi fundado em Quebec, no Canadá, em 1984, e não na França como muitos podem pensar devido ao seu nome, que em francês quer dizer Circo do Sol. A estrutura do Cirque du Soleil impressiona pela grandiosidade. É uma mega tenda refrigerada que abriga a todos com muito conforto. Outra coisa que impressiona é o jeito de fazer a arte circense, totalmente diferente do que conhecemos. Cada espetáculo possui um enredo diferente. São histórias contadas – e cantadas – de forma genial em pleno picadeiro. O figurino é sempre deslumbrante, todos os artistas muito bem vestidos, de acordo com seu papel no palco, e com uma maquiagem de dar inveja em muita gente. O artista...

Read More

A religião corporativa

Em alguns escritórios existe um comportamento reverenciado pelos chefes e detestado por quem almeja ter vida pessoal além da carreira: a devoção corporativa. É visto como santo aquele que passa horas além do expediente para dar conta até de assuntos que não lhe dizem respeito, é reverenciado como mártir aquele que envia emails de trabalho durante a madrugada e o líder é sempre aquele cara que fala por metáforas e não se envolve diretamente com nenhum assunto que seja do nível sub-diretoria. A religião corporativa tem seus cultos, um dos mais importantes é a reunião. Por várias razões como motivar os funcionários a vestirem a camisa da empresa mesmo que estes não recebam salário justo para comprar as próprias camisas, falar sobre problemas internos de ordem pessoal, planejar negociações ou apenas contar “causos” –  que no mundo corporativo são chamados de “case”.  A reunião é um culto muito importante na vida corporativa, sem elas nada pode funcionar. O escritório é a igreja da religião corporativa, ali os fiéis se reúnem por motivos diversos, nem sempre com boas intenções. Assim como tem gente que vai à igreja pedir pela saúde de alguém, há quem procure ajuda superior pedindo para o vizinho morrer ou a sogra adoecer e o mesmo se passa no escritório. Há quem vá para encontrar os colegas, para puxar o saco do chefe, para fazer fofoca e...

Read More

A desconcentração regional no Brasil

O Brasil entrou em uma fase de desconcentração regional, mas não de eliminação das desigualdades. O Sudeste deixou de apresentar as maiores taxas de crescimento econômico e populacional. As duas maiores cidades do país, São Paulo (com mais de 10 milhões de habitantes) e Rio de Janeiro (com mais de 6 milhões) estão perdendo participação relativa, em termos econômicos e populacionais, para outras cidades e regiões do país. As Regiões do Brasil são uma divisão que tem caráter legal e que foi proposta pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 1969. As regiões brasileiras são: · Região Centro-Oeste, que compõe-se dos estados: Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e do Distrito Federal. Área de 1 604 852 km² (18,9% do território nacional). · Região Nordeste, que compõe-se dos estados: Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. Área de 1 556 001 km² (18,2% do território nacional). · Região Norte, que compõe-se dos estados: Acre, Amazonas, Roraima, Rondônia, Pará, Amapá e Tocantins. Área de 3 851 560 km² (45,2% do território nacional). · Região Sudeste, que compõe-se dos estados: Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo. Área de 927 286 km² (10,6% do território nacional). · Região Sul, que compõe-se dos estados: Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Área de 575 316 km² (6,8% do território nacional). Durante a chamada...

Read More

Recrutamento e Melação

É um termo bem apropriado “recrutamento”, é uma guerra o mercado de trabalho, batalhas diárias, armadilhas, tudo pode ser perigoso para a estabilidade. Existem várias maneiras de escolher um funcionário e a maioria delas é idiota. Em vez da pessoa que vai trabalhar com o selecionado entrevistar pessoalmente os candidatos que passarem pelo crivo da capacitação técnica, delega a responsabilidade à  um setor ou uma outra pessoa.  Na maioria das vezes,  apenas o responsável pela área  que contrata entrevista os dois candidatos que chegam ao final do processo de seleção, como se fosse o único a trabalhar com o novo funcionário.  E para o coitado que chegou até essa etapa do cansativo processo é um campeão só pela participação… Outra coisa que pode ser bem idiota é o processo em si, dinâmicas de grupo, psicólogos que fazem perguntas cretinas, redações e testes de todo tipo já foram experimentados por mim e me saí muito bem, talvez por não ser muito sincera na maioria.  Ora, quem responde sinceramente perguntas do tipo: ‘o que acha que precisa melhorar em você?’ Ninguém responderia que precisa colocar silicone ou que precisa deixar de ser boca suja. Todos vão manipular essa resposta, todos dirão coisas que o façam parecer mais esperto, mais responsável,  etc.  E muitas vezes perde-se um tempo enorme nessas entrevistas, várias etapas, dias e até semanas até decidirem que “seu perfil...

Read More

Clube vencedor

Odeio futebol, mas adoro metáforas. Sendo assim, como umas metaforazinhas do esporte bretão podem ser úteis para que eu consiga falar do que quero, vamos a elas. ### Como é mais fácil levar a sério ditados do que pensar, muitas pessoas os adotam sem nem mesmo refletir um pouco. Um exemplo fácil é o “Não se mexe em time que está ganhando.”. Se o time está ganhando, mudá-lo pode ser um caminho bem esperto para continuar a ganhar. Uma defesa reforçada ajuda a garantir que um placar favorável continue na mesma. Manter a atenção em toda a estrutura, até fora das partidas, também demonstra inteligência. Melhorar o próprio estádio é sempre ótimo; investir no local de treinamento, uma necessidade; e reforços são sempre bem vindos. Um clube que se lembre desses pontos, vai por um bom caminho. Sei que o Ops! não é um time de futebol e que não estamos competindo com ninguém (pelo menos não me avisaram). Sem uma competição, portanto, não posso dizer que somos um time que está ganhando. Mesmo assim, agimos como um clube que quer continuar bem. Se você está lendo este texto em nosso site, já deve ter percebido que aconteceram muitas mudanças por aqui. Todo o portal foi reestruturado procurando tornar a estadia dos leitores por aqui mais agradável. A página inicial do Opsblog agora não só mostra todos os blogs...

Read More