Crônica de uma morte anunciada

O jornalista Marvin Kennedy questiona a cobertura da imprensa sobre a denúncia realizada pela nadadora Joana Maranhão, que acusa seu ex-técnico de abuso sexual. Segundo Kennedy "a imprensa brasileira ainda não aprendeu a cobrir corretamente casos jurídicos e até mesmo os policiais.Tratam acusados como culpados por puro despreparo e desconhecimento de trâmites judiciais".

Continue reading “Crônica de uma morte anunciada”

Reflexões sobre os personagens negros em Duas Caras

A novela global Duas Caras, deve ser uma das que mais possuem personagens negros em uma novela não épica. É também esta, uma das poucas novelas em que os negros não atuam apenas como empregados de patronos brancos e mesmo assim ainda está impregnada de signos que perpetuam o preconceito, étnico, social e de gênero na mídia brasileira. Vamos analisá-los um a um…

 

Continue reading “Reflexões sobre os personagens negros em Duas Caras”

O Quênia, Bhutto e a correspondência internacional no Brasil

O mundo cada vez mais globalizado, ferramentas de interatividade e comunicações cada vez mais alcançáveis e potentes e agências de notícias cada vez mais poderosas podem dar, no Brasil, um fim na boa função de correspondente internacional.

Continue reading “O Quênia, Bhutto e a correspondência internacional no Brasil”

A mídia e o fim da CPMF

"A maior derrota do Governo Lula", veio com sabor de vitória para a mídia brasileira. Muitos jornais não conseguiram esconder seu ar de contentamento nas matérias publicadas na manhã desta quinta-feira (13), quando, ao final da contagem, a base aliada contabilizava 45 dos 49 votos necessários para prorrogar a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). A mídia tem sua parcela de culpa, ou melhor mérito, na não aprovação da CPMF? Sim, ela tem.

 

Continue reading “A mídia e o fim da CPMF”

A Internet e o Media Watching

A crítica de mídia, ou media-watching, é uma prática que surgiu nos Estados Unidos – com a publicação intitulada “Fair” (Fairness & Accuracy in Reporting), fundada em 1986, na era Reagan, com o propósito de fiscalizar a intromissão do poder econômico e político na imprensa – e sensibilizar a sociedade e os profissionais de comunicação quanto à responsabilidade que o jornalismo desempenha, como serviço público que deve ser usado em favor da comunidade.

 

Continue reading “A Internet e o Media Watching”