Com quantos paus se faz uma canoa professor?

Leio pela terceira vez “Linha d´água”, do navegador brasileiro Amyr Klink, que trata não de suas viagens ao Pólo Sul, mas de homens que constroem, que inovam e que, como ele mesmo afirma, não são os melhores construtores, alguns sequer tinham visto um veleiro antes, mas que com humildade e buscando soluções simples construíram um barco inovador e de tecnologia que nenhum veleiro possui.

Continue reading “Com quantos paus se faz uma canoa professor?”

“O que você acha dessa língua?”

Bom dia! Enquanto você matabicha aí, vá pensando: o que você acha da língua inglesa? Como te soa a língua italiana? Você acha a língua chinesa feia? Com certeza você já emitiu opiniões a respeito das várias línguas do mundo. Você já tinha parado para pensar por que você pensa isso dessas línguas? E em relação aos falares regionais brasileiros: o que você acha da pronúncia caipira? Acha bonita a pronúncia dos gaúchos? Acha irritante a pronúncia dos paulistas? E a dos cariocas? E afinal, onde vai dar isso tudo?

Continue reading ““O que você acha dessa língua?””

Balanço de branco: um controle essencial em digitais

Importante conhecer o comando de balanço de branco de uma câmera digital. Para aproveitar este controle ao máximo, é necessário entender, ainda que superficialmente, as características da luz visível. Não é demais ressaltar que o balanço de branco exerce um papel fundamental para a obtenção de cores as mais fiéis possíveis em nossas imagens, e que um incorreto balanço de branco pode arruinar uma fotografia.

Continue reading “Balanço de branco: um controle essencial em digitais”

Sorria! Você está Ouvindo uma Piada.

 

Qualquer pessoa pode deixar de compreender uma piada simplesmente por desconhecer referências específicas utilizadas como base para o humor. Num outro país estamos mais sujeitos ainda a não reconhecer referências culturais e perder o sentido da piada. Mesmo assim, é possível apreciar o humor de terras distantes. Mas como?

Continue reading “Sorria! Você está Ouvindo uma Piada.”

Ai que sono!

Os principais campeonatos estaduais tiveram a primeira partida de suas finais neste fim-de-semana. Os presidentes das federações devem estar felizes por terem conseguido manter suas excrescências anuais em atividade por mais um ano. Cheios de cavalos paraguaios e com a reafirmação de que algumas instituições estão verdadeiramente decadentes, os campeonatos provocaram poucos escândalos, sendo apenas o que são: uma sempre renovada chatice.

Continue reading “Ai que sono!”

Clementinas das Américas

No Brasil tivemos Clementina de Jesus e tantas outras cantoras que partiram de uma fonte de inspiração acessível não somente em terras brasileiras: esta se disseminou também em outros países vizinhos da América do Sul, como o Peru, aonde Susana Baca, cantora compositora e pesquisadora desse país, é hoje a principal interlocutora de toda uma cultura afro-peruana, tão rica quanto a brasileira, para o mundo.

Continue reading “Clementinas das Américas”