Voltando a O Pensador Selvagem

Imagem de partituras antigas

De volta a O Pensador Selvagem

Um drible nas certezas

Já se vão 6 anos desde que postei pela última vez um texto n’O Pensador Selvagem.  Por aqui aprendi muito, e cresci bastante. Meu começo na internet foi com blog no serviço Blogspot do Google, com severas limitações de gerenciamento de conteúdo, em comparação com o WordPress.

Algum tempo depois, fui recebido pela equipe d’O Pensador Selvagem e editei aqui no antigo portal de blogs um espaço chamado Um drible nas certezas. Foi neste endereço que aprendi realmente a escrever melhor e amadurecer as ideias em formato de publicação online. Isso me ajudou também em outros formatos de escrita, como a escrita acadêmica, que uso por profissão.

Os colegas de portal me proporcionaram uma rica interação, e a leitura de outros blogs do OPS me deu muita bagagem e me ajudou a aprender bastante coisa útil para navegar na vida. Foram grandes análises de política, cultura e comportamento que alimentaram meu espírito por um longo tempo.

No blog Um drible nas certezas escrevi principalmente sobre música, livros, futebol, política e religião. Era meu espaço de reflexão – escrevi muito para mim mesmo, embora desconfio que outros puderam ler e aproveitar alguma coisa.

andreegg.org

Depois disso, decidi fazer vôo solo, abrindo meu próprio endereço e arcando com o custo de servidor em andreegg.org

Esta página continua ativa, mas tem cada vez mais concentrado publicações referentes a minhas aulas, afinal, vai sobrando cada vez menos tempo para a escrita não profissional. Sobre política o negócio foi ficando tão complicado que está cada vez mais difícil escrever alguma análise que não perca a validade 5 minutos depois. Sobre religião acho que encontrei um caminho mais pacífico pra mim, passei a escrever menos sobre isso. Sobre futebol, o Brasil e o Coritiba (meu clube do coração) me desanimaram um bocado nos anos recentes.

Sobram, cada vez mais, os assuntos que pesquiso com seriedade – conexões entre música, história, cultura, política (de outros tempos, não a contemporânea). Na ânsia de refletir sobre estes assuntos, também mantive um blog no portal do jornal Gazeta do Povo, cujo título é História Cultural. O blog foi desativado, mas as postagens antigas continuam.

Cena contemporânea

Quando recebi o convite para participar do relançamento de O Pensador Selvagem fiquei com um misto de empolgação e medo. Morrendo de vontade de voltar, mas sem saber se vou dar conta de manter a periodicidade. E em dúvida sobre qual seria a temática e o lugar de um blog ou coluna.

A primeira decisão foi propor uma coluna, periodicidade quinzenal. E não um blog, onde seria desejável publicar com mais frequência. Na hora de pensar o tema, a preocupação em não fechar muito o assunto, e acabar ficando sem muita opção de publicação.

Acabei direcionando para a proposta que passa a vigorar nesta coluna: acompanhar a cena contemporânea, escrevendo sobre música, livros, cinema, pensando em permanências históricas e repercussão política. Talvez eu fale sobre concertos, sobre discos, sobre shows, sobre compositores, sobre obras. Talvez eu fale sobre filmes e séries, em cartaz no cinema ou no catálogo dos serviços de streaming (quando eles tiverem relação com questões culturais que me instigam). Talvez eu fale sobre livros, clássicos ou lançamentos, sobre mercado editorial, sobre referências teóricas importantes.

Pra mim, será um exercício de manter os olhos e ouvidos atentos. Se eu puder interessar vocês por alguma coisa, se eu puder interagir com os colegas do portal, se a escrita desempoeirar boas ideias na minha cabeça…

Espero, sobretudo, me divertir e deixar vocês curiosos.

 

About the author

André Egg

Músico, historiador e crítico. Professor da UNESPAR. Colaborador do PPGHIS-UFPR. Organizador do livro Música, cultura e sociedade. Página pessoal em http://andreegg.org

Leave a comment: