Select Page

Categoria: Literofagia

Estação das Chuvas

Quando pensamos em Angola, vem à mente Luanda e sua história sangrenta. Carros encimados por homens carregados de metralhadoras, linchamentos, explosões, ambição por diamantes, comitês e organizações estudantis que sentem na...

Read More

Negociando com os Mortos – parte 3

É preciso sentir algo enquanto a escrita é ação? Ou o sentimento que desprende do escrever é mera reação? Não importam as perguntas, mas dois fatos: 1) escrever produz sentimentos, eles estão ali enquanto as mãos tentam ser mais...

Read More

Negociando com os Mortos – parte 2

Escrever é um ato que surge sempre de uma necessidade. Ninguém escreve por simplesmente escrever, como esquecer um objeto em um lugar por mero descuido. É impossível escrever sem saber que se está escrevendo, não é inconsciente,...

Read More

Sociologia da Leitura

“Reconhecer não é ler”, escreveu o educador francês Jean Hébrard. Ou seja, repetir o som e a sequência de letras empregadas em uma palavra, reconhecer seus fonemas e grafemas, não passa disso, uma observação da...

Read More

O branco desnutrido

A cor branca, ou a anticor branca, é um mistério em sua pálida possibilidade de ser completa, de ser tingida, tisnada, engravidada com o mínimo tom colorido acima de sua ausência. Mas a cor branca é unicamente a união de todas...

Read More
Loading