E CHEGA AO FIM A 43ª OLMPÍADA DE XADREZ- BATUMI, GEÓRGIA – 2018!

Como havíamos prometido teremos uma breve conversa sobre o assunto acima.

A Olimpíada de Xadrez é um dos mais importantes eventos esportivos do mundo reunindo mais de 150 países com suas equipes mais fortes,feminina e masculina, representando suas nações

Em 1924 houve a primeira tentativa de colocar o xadrez nos Jogos Olímpicos, sem sucesso pela dificuldade de distinguir amadores e profissionais. As duas primeiras, 1924 e 1926 não foram oficiais. No encerramento da primeira

 Olimpíada em 20 de julho de 1924 foi criada a FIDE – Federação Internacional de Xadrez, em Paris. Um marco na história do xadrez, ficando este dia também como o Dia Internacional do Xadrez.A partir de então a Fide passa a organizar as olimpíadas cujo nome só foi oficializado em 1952, mas em 1927, Londres já sediava a 1ª Olimpíada organizada pela Fide. Os intervalos entre as mesmas foram irregulares até a 2º guerra mundial, quando houve uma longa pausa, de 1939 a 1950.

Mas a partir de 1950 tem acontecido regularmente a cada dois anos. Em 1957 chegam as mulheres. Desde a primeira observa-se um grande crescimento do xadrez no mundo. Na primeira eram apenas 16 equipes. Em 1957 com a chegada feminina, já sobe para 21 o número de equipes.

 

Hoje, século XXI, 2018- Batumi, Geórgia- 43ª, foram 190 países participando, aproximadamente 5000 atletas do xadrez, de 23 de setembro a 7 de outubro, se encontraram o que o mundo tem de melhor no xadrez. E para nossa alegria, o Brasil se fez presente com equipes feminina e masculina.

 

Com a equipe feminina, o Brasil estava pré ranqueado como a 43ª equipe, com as atletas:

  • MF/WMI Juliana Terao (2255)
  • WMF Julia Alboredo(2174)
  • WMI Kathie Goulart Librelato(2110)
  • Ana Vitória de Paula Rotherbarth (2063)
  • WMF Suzana Chang(2037)

Com a equipe, masculina, o Brasil estava pré ranqueado como a 28ª equipe do torneio, com os seguintes jogadores:

  • GM Rafael Leitão (2620)
  • GM Alexandr Fier (2558)
  • GM Luis Paulo Supi (2548)
  • GM Krikor Sevag Mekhitarian (2543)
  • GM Felipe de Cresce El Debs (2542)

 

 

 

Além de nossos conterrâneos, queremos destacar a presença da seleção de Uganda e da Rainha de Katwe: Phiona Mutesi.

Equipe de Uganda: Claire Amoko, Phiona Mutesi, Peninha Nakabo, Cristine Namaganda e Glória Nansubuga.

Equipe de Uganda com o atual desafiante do campeonato mundial de xadrez, Fabiano Caruana(segundo da direita para esquerda)

Por fim, antes de chegarmos aos tão esperados resultados, é imprescindível falarmos dos anfitriões ou melhor das anfitriãs das olimpíadas ou como ficaram conhecidas as Rainhas da Geórgia. Apelido dado devido a grande popularidade e a seus excelentes resultados no xadrez feminino em diversas competições. Sendo inclusive mais expressivo que o xadrez masculino. Em homenagem a elas diversos ônibus, bondinhos, outdoors foram decorados com o símbolo das olimpíadas e com dizer “País das Rainhas”.

 

Time da Geórgia – As atuais rainhas

 

Deixaremos também aqui algumas imagens de uma simultânea feita com 33 pequenos enxadristas pelo Grande Mestre Zurab Azmaiparashvili, experiência inesquecível para os pequenos jogadores

.

 

 

Os resultados finais das olimpíadas pela parte masculina( você também pode conferir a classificação completa no link a seguir): http://chess-results.com/tnr368908.aspx

1 3
China CHN 11 8 2 1 18 372,5 28,5 149
2 1
United States of America USA 11 8 2 1 18 360,5 29,0 147
3 2
Russia RUS 11 8 2 1 18 354,5 29,0 144
4 11
Poland POL 11 7 3 1 17 390,0 28,0 158
5 9
England ENG 11 8 1 2 17 340,0 27,5 142
6 5
India IND 11 7 2 2 16 388,0 29,0 156
7 27
Vietnam VIE 11 6 4 1 16 379,5 30,5 138
8 8
Armenia ARM 11 7 2 2 16 371,0 27,5 152
9 7
France FRA 11 7 2 2 16 366,0 28,5 153
10 6
Ukraine UKR 11 7 2 2 16 337,0 26,0 152

É importante destacar que o atual campeão mundial, Magnus Carlsen, não participou com o time de seu país, Noruega, visto que se prepara para defender seu título em novembro.

A equipe brasileira acabou por ficar em 63º.

 

Os resultados finais das olímpiadas pela parte feminina: http://chess-results.com/tnr368909.aspx?lan=1

1 3
China CHN 11 7 4 0 18 407,0 30,5 153
2 2
Ukraine UKR 11 7 4 0 18 395,5 30,0 154
3 4
Georgia 1 GEO1 11 7 3 1 17 375,0 28,0 153
4 1
Russia RUS 11 7 2 2 16 379,5 30,5 146
5 13
Hungary HUN 11 7 2 2 16 372,0 29,5 141
6 12
Armenia ARM 11 7 2 2 16 366,0 27,0 155
7 10
United States of America USA 11 7 2 2 16 359,5 27,5 152
8 5
India IND 11 6 4 1 16 352,5 29,5 142
9 14
Georgia 2 GEO2 11 7 2 2 16 351,5 28,5 142
10 11
Azerbaijan AZE 11 6 4 1 16 347,5 28,5 145

A equipe brasileira acabou por ficar em 57º

O assunto é inesgotável, foram pequenas pinceladas em um  mundo a ser colorido. Mas o site da Fide está lá, encantador, espetacular, esperando a visita dos apaixonados e envolvidos com o jogo de xadrez. Também queremos recomendar a vocês o canal no YouTube do nosso Grande Mestre Krikor. Nossa conversa sempre quer inspirar em vocês a vontade de conhecer um pouco mais.
 Aguardamos seu retorno.
Muito obrigada!
Até nossa próxima conversa
About the author

Lucas e Fatima

Fatima dos Santos Coelho, licenciada em Educação Física pela UFSM em 1976, sendo professora desde 1979 na rede estadual do RS. Juntamente com o Colégio Estadual Manoel Ribas sediou e organizou diversos eventos de xadrez do nível municipal até o brasileiro. Desde 2006, atua como professora e responsável pela Oficina de Xadrez do Colégio Fransciscano Sant'Anna em Santa Maria, RS. Lucas Monteiro Vendruscolo, vestibulando, professor/monitor da Oficina de Xadrez do Colégio Fransciscano Sant'Anna desde 2013. Criou o amor pelo jogo antes mesmo de saber ler e em 2006 entrou para a primeira turma da Oficina, sendo mais tarde convidado para ensinar juntamente com a professora Fatima.

Deixe um comentário: