Origem Milenar

Olá, pessoal. Acreditamos que após falarmos dos valores e usos do xadrez nas mais variadas áreas, é hora de mostrarmos um pouco de como surgiu essa fantástica invenção humana. Por isso, como tantos outros fenômenos o xadrez apresenta uma origem com bases históricas mais firmes, mas sem deixar de ter seu lado mitológico.

O mito Indiano

Lahur Sessa

Essa famosa história se passa na Índia de muitos séculos atrás, onde havia um rajá (espécie de governante) de uma cidade chamada Taligana que teve seu único filho e herdeiro morto em uma batalha. Com isso, devido tamanha tristeza, começou a descuidar do reino, levando-o, lentamente, ao colapso. Vendo a queda do reino, um Bramanê chamado Lahur Sessa vai ao encontro do rei e apresenta-lhe um tabuleiro com 64 quadrados, brancos e pretos, e peças que representavam o exército.  O sacerdote, então, disse ao rajá que esse jogo seria capaz de acalmar o seu espírito. Isso aconteceu e o reino voltou a prosperar, como recompensa, o rajá disse ao brâmane que poderia pedir qualquer coisa, recusando a proposta no primeiro momento, o sacerdote aceitou após insistência do líder.  Nesse ponto da história entra  a matemática, no momento que o brâmane pede ao rei um grão de trigo para a primeira casa do tabuleiro, 2 grãos para a segunda, 4 para a terceira e assim sucessivamente. O rajá achando o pedido simplório demais, aceita a proposta. Após diversos cálculos, ele descobre que para dar toda a quantidade de trigo necessária para cumprir a promessa seria necessária toda a safra do reino por 2000 mil anos. Impressionado com a inteligência de Lahur, o rei oferece ao sacerdote o posto de vizir (espécie de ministro).

O jogo apresentado, na verdade, era o chaturanga, um dos precursores do xadrez moderno.

O mito grego

Existe também uma variante mitológica grega na qual, o deus da guerra, Ares, teria criado um jogo de tabuleiro no qual poderia elaborar as mais diversas estratégias e táticas de guerra para enfrentar e derrotar seus inimigos. Após ter um filho com uma mortal, o deus teria passado os conhecimentos sobre o jogo para ele e assim ele seria difundido para todos os mortais.

 

Teorias Históricas

Com bases em fontes históricas, algumas teorias surgiram, por exemplo, existem evidências de um jogo de tabuleiro que era jogado no Egito, 3000 anos antes da era cristã. Essa primeira teoria surgiu devido a documento encontrado sobre uma pintura da câmara mortuária de Mera, em Sakarah, no Egito.

 

Como teoria mais aceita, temos sua origem indiana em meados do século II d. C, sendo o jogo conhecido como Chaturanga. Devido ao intenso comércio, o jogo se espalhou pela China, Pérsia e todo oriente através dos comerciantes, desenvolvendo-se a cada século que passava. Acredita-se que o xadrez chegou e começou a se popularizar na Europa, em meados do século IX, qu

ando um califa(governante árabe) deu a Carlos Magno, Imperador Franco, um jogo de mármore, surgindo assim, possivelmente, o termo Jogo dos Reis, visto que apenas a  nobreza europeia o jogava.

 

O Xadrez mais próximo como o conhecemos começou  a estabelecer-se por volta do ano 1500, com modificações, como mudança nas peças(como criação da Dama), seus movimentos, e técnicas como o en passant.  Culminado nos anos 1800 em sua versão final como conhecemos hoje.

 

 

 

 

Para concluir…

Buscamos nesse texto mostrar um pouco da origem do Xadrez e porque não  a origem da mais fantástica maravilha do raciocínio? Existe muito mais a se explorar sobre esse Jogo milenar. Agradecemos sua visita e aguardarmos sugestões e comentários.

About the author

Lucas e Fatima

Fatima dos Santos Coelho, licenciada em Educação Física pela UFSM em 1976, sendo professora desde 1979 na rede estadual do RS. Juntamente com o Colégio Estadual Manoel Ribas sediou e organizou diversos eventos de xadrez do nível municipal até o brasileiro. Desde 2006, atua como professora e responsável pela Oficina de Xadrez do Colégio Fransciscano Sant'Anna em Santa Maria, RS. Lucas Monteiro Vendruscolo, vestibulando, professor/monitor da Oficina de Xadrez do Colégio Fransciscano Sant'Anna desde 2013. Criou o amor pelo jogo antes mesmo de saber ler e em 2006 entrou para a primeira turma da Oficina, sendo mais tarde convidado para ensinar juntamente com a professora Fatima.

Leave a comment: