Estudiosos dos antigos astronautas

Mais uma vez peço desculpas aos amigos pela manifestação, mas devo admitir que o Ministro Chefe da Casa Civil tem razão ao afirmar que falta ao Brasil a “cultura da prevenção”.

Vou mais longe: falta ao Brasil seriedade no trato com os brasileiros. Seriedade no trato com as leis que já existem: fiscalização. E não é, como alguns acusam, falta de pessoal ou de estrutura. É falta de seriedade.

Mesmo nos poucos ramos da atuação pública onde a fiscalização é séria e competente, falta seriedade nas consequências. Emperramos em burocracias legais e morosas. O direito antes do dever. E que não se diga se seja exclusividade do setor público, pois muito há na iniciativa privada para obter vantagens à custa do povo. Empresários e governantes se misturam na insidiosa tentativa de sempre obter vantagens.

Cidadãos o fazem nas suas cotidianas vidas. Meu direito antes – e sempre – acima do meu dever.

Somos uma sociedade invertida. Se a pirâmide sócio-econômica aponta para cima – como devem ser, por natureza as pirâmides – a pirâmide moral está enterrada, de cabeça para baixo, nas profundidades da Terra.

Quiçá sejamos, como diriam os “estudiosos dos antigos astronautas”, uma civilização povoada por alguma ralé de bandidos expulsa de algum planeta perdido nos confins de alguma distante galáxia.

About the author

Luiz Afonso Alencastre Escosteguy

Apenas o que hoje chamam de um idoso. Parodiando Einstein, só uma coisa é infinita: a hipocrisia. E se você precisou saber meu "currículo" para gostar ou não do que eu escrevo, pense bem, você é sério candidato a ser mais um hipócrita!

Leave a comment: