All posts in " Arte "
Share

No domingo fui ao cemitério

By Solange Ayres /

Ninguém em sã consciência sai de casa e vai voluntariamente a um cemitério, assim num domingão de outono, sem ser dia de finados nem enterro de parente ou amigo. Ou…? Ao contrário do que vocês pensariam, o cemitério estava cheio…    

Share

A Arte e a Matemática

By Henrique Cruz /

A arte tem múltiplas facetas, sendo impossível caracterizá-la em uma definição. Apesar disso, surgem ocasiões em que a arte é uma manifestação de matemática pura. A série de Fibonacci é um exemplo maior, revelando aspectos insusitados do mundo lato sensu.

Share

O Teatro-Educação e sua doença

By Luiz Carlos de Almeida Garrocho /

    Aplicação de um saber prévio: eis a doença que aflige o Teatro Educação. Necessidade de alicerçar a criação em elementos extraídos das ciências do desenvolvimento humano: eis a doença agravando-se. Por que falo de doença? Nietzsche dizia que um dia a arte ainda seria a nossa medicina. Se entendermos por aí uma prática-pensamento […]

Share

Quadrinhos no Brasil

By Francisco Grijó /

O fã de Quadrinhos (com maiúsculas mesmo, reverente) conhece muitos destes livros e faz deles uma constante em sua cabeceira, dá sempre uma olhada, uma informal consulta, antes de o sono vir. Claro que há aqueles que não levam quadrinhos a sério, mas esses não contam – nada significam nesta postagem. Elegi como livro da […]

Share

Kristian Krekovic, un artista croata de corazón latino

By Carlos Altieri /

Alrededor de 1930, Kristian Krekovic, visita en Europa una exposición de material arqueológico peruano, quedando tan impactado por el tema que decide viajar a ese país para ver en forma directa las maravillas que solo había podido entrever. Allí descubre no solo esas tan admirables cosas materiales, sino incluso ese arquetipo de indígena con rasgos […]

Share

Perdidos no espaço

By Flavio Prada /

No mundo extra construído de hoje a arquitetura e os arquitetos jogam em uma posição ambígua. Com uma mão assinam discursos de preservação e com outra promovem a barbárie construindo sem piedade. O mercado, é a boa desculpa. Mas, porque esse deus sem cabeça (o mercado) é tao invocado para justificar tudo?

Page 3 of 3