All posts in " presente "
Share

Boas vindas a 2019 – O ano da Colheita

By Rafael Reinehr /

Seja bem-vindo 2019! Ou seria 5779? Ou 2562? ou 4717? ou ainda 31? Imagino que você saiba que a data que muitos estão celebrando trata-se de uma convenção, adotada em alguns países como “data oficial” e, em outros, como data “complementar”, para facilitar a comunicação com outras partes do mundo. Veja um resumo de alguns […]

Share

A pedra no caminho do tempo

By Luciana Santa Rita /

“ O que é passado, presente ou futuro, só o tempo atestará. Pois se existe mesmo esse vidro-hoje a separar fatos e pessoas, existe o vidro-afeto a ser quebrado a qualquer momento, não aceitando nem ser refratário, para se tornar apenas pleno em sua invisibilidade.” [ROMEU, A. C. Passado, presente e futuro. Jornal Diário Popular, […]

Share

Osama ao mar, Obama nas alturas?

By Rogério Felipe /

Osama, Obama, O_ama, uma letra de diferença em duas biografias que não demorarão muito para serem imortalizadas nos cinemas, e que agora, por um capricho da história, poderão figurar sem grandes alardes em uma mesma película, vidas que se cruzam. A caixa preta povoada pelo brilho do feixe de luz que projeta no muro branco […]

Share

O que significa perguntar sobre o que resta: pensar a atualidade como o trabalho do diagnóstico

By Murilo Duarte Costa Corrêa /

1 Ao perguntarem-se sobre aquilo que resta da ditadura, os gestos de Vladimir Safatle e de Edson Telles (2010) repetem, em certa medida, o gesto filosófico-político agambeniano e arendtiano. Em acréscimo, parecem captar as peculiaridades da experiência brasileira de exceção. Segundo eles, não se deveria mensurar aquilo que resta de uma ditadura pelo número de […]

Share

Em estado de emergência

By Flávia Cera /

 Para não esquecer: o nome dessa coluna foi roubado de Clarice Lispector. Sempre que eu pego esse livro para ler e vejo aquele título, eu o leio para não esquecer. Menos porque seja uma ordem, e mais porque ali está um esboço do seu método: escrever é para não esquecer, é para prolongar o tempo […]

Share

Infância e memória

By Rafael Reinehr /

Uma existência se abre quando levo meu filho mais novo de volta para sua casa. Andar ao lado de uma criança é sempre uma coisa muito especial. Mas naquele dia foi outra coisa: eu não andava mais em direção à sua casa com o objetivo de…